Cristo tudo em todos  T. Autin Sparks

 

Muito tem sido feito nos últimos dias para trazer as grandes magnitudes do universo à compreensão do homem e mulher comuns. Isto significa que muitas pessoas estão interessadas na explicação do universo e, sem dúvida alguma, do curso desta Terra e da criação e história do homem; mas cremos ter a resposta final e positiva para esta investigação. Para nós há somente uma definida e conclusiva explicação do universo, e esta explicação é uma Pessoa – o Senhor Jesus Cristo, com tudo que é eternamente relacionado a Ele. 

 

Poque nos reunimos Assim  Stephen Kaung

Por que nos reunimos assim? Afinal de contas, por que nos reunimos? O significado de Igreja é "a reunião dos que foram chamados para fora". Todos recebemos a vida do nosso SENHOR JESUS e partilhamos dessa vida!

18 Jn 2014

18 ​Jan, 2014

O dia das pequenas coisas  Stephen Kaung

 

“Estamos vivendo nos tempos mais difíceis. O inimigo tem tentado usar todos os artifícios para nos desviar, distrair, desanimar, acusar e atacar. Ele tenta impedir, paralisar a obra de Deus de edificar sua própria casa. Asseguremo-nos de que estamos no processo da obra de Deus. Mesmo que os resultados sejam pequenos, lembremo-nos de que estamos no dia das pequenas coisas. Não busque um poder espetacular, mas busque a presença do Senhor, pois Ele é o nosso poder e a obra será realizada.”

 

A Certeza, a segurança
e o Gozo da Salvação   George Cutting
 

Nesse artigo George Cutting fala claramente a respeito da nossa Salvação Eterna. Da-nos clareza da obra de Cristo e porque devemos ter à certeza, à segurança e o gozo da nossa Salvação!

 

o Artigo está dividido em duas partes:

18 ​Jan, 2014

Seguindo a Deus de Perto   A. W. Tozer
 

Procuramos a Deus porque, e somente porque, Ele primeiramente colocou em nós o anseio que nos lança nessa busca. “Ninguém pode vir a mim”, disse o Senhor Jesus, “se o Pai que me enviou não o trouxer” (Jo 6:44), e é justamente através desse trazer preveniente, que Deus tira de nós todo vestígio de mérito pelo ato de nos achegarmos a Ele. O impulso de buscar a Deus origina-se em Deus, mas a realização do impulso depende de O seguirmos de todo o coração. E durante todo o tempo em que O buscamos, já estamos em Sua mão: “... o Senhor o segura pela mão” (Sl 37:24.).

20 ​Jan, 2014

Os Desapontamentos da Vida   J. N. Darby
 

Nos dias que estamos vivendo, existe no meio da cristandade o seguinte pensamento:

Tudo que é bom é benção de Deus e tudo que é mal vem do diabo.

 

Será que o universo é governado dessa forma? Será que o Deus que servimos não está no controle das coisas?

 

Muitas vezes nos depararemos com essa palavra:

“Fui Eu que Fiz isto” (1 Reis 12:24) 

 

Leia esse precioso artigo e saiba mais sobre esse importante assunto!

23 ​Jan, 2014

18 ​Jan, 2014

Sete evidências do Novo Nascimento 
                                              Delcio Meireles
 

“Mas a todos quantos O receberam, aos que crêem no Seu nome, deu lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; os quais não nasceram do sangue e nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus”. (Jo 1:12-13) O apóstolo do Senhor diz que só precisamos receber a Jesus para experimentarmos o novo nascimento. Todavia, isso é algo que acontece apenas no interior da pessoa; é algo que não pode ser comprovado pelo ver, pelo tocar ou pelo sentir. Deus em Sua sabedoria, levantou o mesmo apóstolo João para escrever a Primeira Carta. Sob a inspiração do Espírito de Deus, ele menciona sete evidências do novo nascimento. Isto é, todo aquele que declara ter nascido de novo, que experimentou uma mudança no seu espírito, deve manifestar as evidências estabelecidas pelo apóstolo.

27 ​Jan, 2014

Você ainda desfruta da Alegria da Salvação?
                                              Delcio Meireles
 

Querido irmão, você se lembra da alegria que encheu seu coração quando nasceu de novo? Quantos anos já se passaram? Você ainda conserva a alegria da salvação? Esfriou? Está morna? Não desfruta mais daquela alegria que marcou o início da sua jornada com o Senhor? Quando você presencia na reunião a conversão de alguém, seu coração fica aquecido com a alegria da salvação? Não? Ah! Você acredita que aquela vida que se voltou para o Senhor será mais um cristão desiludido? 

 

Leia esse artigo!

27 ​Jan, 2014

O Ser Negligenciado: O Espírito Santo   A. W. Tozer
 

A doutrina do Espírito Santo é dinamite enterrada. Seu poder aguarda descobrimento e uso pela igreja. O poder do Espírito não será dado a ninguém que dê fraco assentimento à verdade do Espírito. Ele espera por nossa ênfase. Quando o Espírito Santo deixar de ser incidental e voltar a tornar-Se fundamental, o Seu poder se firmará uma vez mais entre as pessoas chamadas cristãs. A idéia do Espírito sustentada pelo membro de igreja comum é tão vaga que quase chega a ser inexistente. Devemos sempre fazer distinção entre ter conhecimento acerca de alguma coisa e conhecê-la na prática. 

28 ​Jan, 2014

29 ​Jan, 2014

Avivamento na Prática da Oração  Jessie Penn Lewis
 

Se houvesse um avivamento na prática da oração entre os filhos de Deus, logo haveria um avivamento de bênçãos no mundo, fora da Igreja. Entendemos muito pouco a respeito da oração inteligente. Ela é acessível a muitos como uma obra definida, tanto quanto a obra da pregação. Voltemos nossa atenção para Tiago 5.16: “A súplica de um justo pode muito em seus efeitos”.

A Tarefa de Pastorear  Ernie Hile
 

Hoje em dia, por causa de tantas tradições religiosas, à palavra bíblica "Pastor" não tem sido compreendida corretamente! O maior erro em questão é: O que era uma função, que envolvia a vida do próprio Cristo e seu cuidado sendo expresso de um irmão para com os outros, hoje se tornou apenas um título, algo que nem de longe manifesta o que a bíblia diz sobre desse assunto! Salvo sempre as excessões, a maioria não tem idéia de como a Sagrada Escritura trata desse tema. Nesse pequeno artigo você poderá ter um pouco de lúz sobre esse importante assunto!

 

Leia esse artigo!

03 ​Fev, 2014

Uma Chamada de Deus para a Vida do Alto                                                                  T. Autin Sparks
 

Talvez o motivo da falta de alegria na vida Cristã, seja devido aos irmãos e irmãs não compreenderam para onde foram chamados.

Somos chamados por Deus para uma vida de nivél superior! Uma vida de Montanhas, de ascendência. Como anda sua vida Cristã? Você tem desfrutado dessa segurança de viver nas montanhas? Tem uma vida de Visão Elevada? Está nessa ascendência superior? Tem entendido que o proprósito de Deus não se resume em lhe livrar da condenação, mas leva-lo a essa Vida num plano mais alto? Seja edificado por esse artigo e descubra seu lugar de Segurança e que os montes tem muito mais que um sentido físico, mas nos remetem nosso lugar junto ao Altíssimo!

 

04 ​Fev, 2014

Vendo Cristo na Igreja - Comentário de Efésios                                                                  Stephen Kaung
 

A Bíblia é a revelação de JESUS CRISTO, e a razão de estudarmos a Bíblia é para que possamos conhecê-lO. Esta é a única razão porque a Palavra é dada a nós, e este é o único modo que podemos ter acesso à Palavra de DEUS. Portanto, desejamos ver o SENHOR JESUS em todos os livros da Bíblia.

Se estudarmos o livro de Atos Cristo é visto no seu Corpo (que é a igreja) e isso é um fato notório. Na carta aos Efésios possui o ensino de CRISTO na igreja.  É maravilhoso que DEUS sempre nos aponta um fato primeiro, e então Ele começa a nos dizer o que ele significa.

 

 Leia esse Artigo :

05 ​Fev, 2014

A total suficiência de Cristo   C. H. Mackintosh 
 

O verdadeiro segredo da paz está em descer até o fundo de um eu irremediavelmente culpado, arruinado e sem esperanças, e aí encontrar um Cristo todo suficiente como a provisão de Deus para a nossa mais profunda necessidade. Isto é verdadeiramente descanso – um descanso que nunca pode ser perturbado.

 

Neste artigo nos propomos mostrar ao leitor necessitado, que em Cristo se encontra entesourado para ele tudo o que possa chegar a necessitar, seja para atender as necessidades de sua própria consciência, os ardentes desejos do seu coração, ou as exigências do seu caminho.

07 ​Fev, 2014

24 Marcas da Maturidade  Johannes Tauler
 

Estamos vivendo num mundo imediatista e totalmente controverso. Hoje tudo é para já, para ontem. Você tem as faculdades que formam em 5 anos, os cursos intensivos, etc.. Isso está desenvolvendo na sociedade esse senso de imediatismo; as pessoas acreditam que após se formarem estão aptas para exercer aquilo que estudaram. Porem, na caminhada cristã não funciona dessa forma; a maturidade cristã não se recebe fazendo intensivos, faculdades. Na escola de Cristo, não existe isso! Seu aprendizado com o Senhor e o período para você alcançar maturidade é muito longo, ele diz respeito ao próprio Senhor viver através de você plenamente. Mas como somos um fruto do meio em que vivemos, nossa tendência é ajustar nossa vida cristã ao meio que estamos, isso causa um prejuizo para você irmão. Talvez você creia ter maturidade e nem mesmo deixou ainda a meninice.

 

Leia 24 marcas da Maturidade, escritas por um dos homens mais espirituais da História da Igreja!

09 ​Fev, 2014

Companheiros  T. Autin Sparks
 

Estamos familiarizados com essas expressões bíblicas:

Servos de Cristo, Mordomos de Cristo, Ministros de Cristo, Dispenseiros de Cristo, Escravos de Cristo, etc. Mas, no livro de Hebreus encontramos uma expressão diferente, de extrema importância, porém, muito negligênciada por nós em nossos dias.

 

Falo de sermos companheiros do Senhor e companheiros uns dos outros. Todos nós percebemos bem qual a diferença de um empregado e um parceiro. O cuidado que o parceiro tem pelo serviço pois leva em conta que é co-proprietário da obra.

 

Aprendamos através desse artigo mais esse verdade bíblica

 

11 ​Fev, 2014

Um vaso de Alabastro  C. H. Mackintosh
 

É indispensável trazer na mente nestes dias altamente ocupados e de atividades sem descanso, que Deus olha para tudo a partir de um único ponto de vista, avalia tudo por uma única regra, prova tudo por um único critério, e este critério, que governa Seu ponto de vista é Cristo.

 

Ele valoriza as coisas segundo as mais próximas elas podem estar conectadas com o Filho do Seu Amor, e nada além. Tudo é feito para Cristo, tudo que é feito por Ele é precioso para Deus. Tudo mais é sem valor. Muito serviço pode ser realizado e uma grande porção de louvor pode ser oferecida através de lábios humanos, mas quando Deus o analisa, Ele irá buscar somente uma coisa e é medindo o quanto este serviço está conectado à Cristo.

 

Leia o Artigo!

12 ​Fev, 2014

Seja feita a Tua Vontade   Andrew Murray
 

O Getsêmani revela a mim o que aconteceu entre o Pai e o Filho, o preço que o Filho teve que pagar e o que deu a Seu sacrifício dignidade infinita. No âmago de tudo isto está a expressão que estamos buscando compreender: “Não a minha vontade!”


Aquieta, minh’alma; pondere e ore enquanto observa o que aconteceu quando Ele mesmo, o seu Salvador, aprendeu a dizer estas palavras a fim de ensiná-las a você. Aqui veremos quatro dentre as grandiosas maravilhas de toda a eternidade.

Leia essa Artigo!

12 ​Fev, 2014

Um coração perfeito torna um homem perfeito                                                                         Andrew Murray
 

Pai eternamente bendito! Enviaste-me uma men­sagem por Teu amado Filho, de que sou perfeito co­mo Tu és. Tendo vindo de Ti, ó maravilhoso e gloriosíssimo Deus, isso significa mais do que o homem pode entender. Achegando-me a Ti, rogo-Te que me ensines pessoalmente qual o significado desse ensino, o que ele exige de mim, e que me concedas aquilo que ele promete.Meu Pai! Aceito a Tua palavra na obediência da fé. Desejo entregar a minha vida a seu governo. Que­ro ocultá-la em meu coração como uma semente vi­va, na certeza de que ali, mais profundo que os pen­samentos ou os sentimentos, o Teu Espírito Santo possa lançar raízes e desenvolver a Sua ação.

 

Leia esse artigo!

14 ​Fev, 2014

Não resista, não entristeça, não extinga o Espírito!                                                             G. Campbell Morgan
 

Novos privilégios sempre trazem novas responsabilidades e resulta que estas responsabilidades criam novos riscos. Se esta era é a mais favorecida da história dos homens, ela tem, portanto, que enfrentar o maior e mais sério risco. Estes riscos são os de resistir, entristecer e extinguir o Espírito. Estes termos não se referem ao mesmo risco. Existem os que não resistem ao Espírito que ainda assim O entristecem; existem também aqueles que não resistem e não O entristecem no sentido em que o apóstolo usou a palavra, no entanto estão em perigo perpetuo de O extinguir. O perigo de resistir ao Espírito é daqueles que não nasceram de novo; o perigo de entristecer o Espírito é daqueles que nasceram do Espírito e são habitados por Ele; o perigo de extinguir o Espírito é daqueles sobre os quais Ele depositou algum dom para o serviço.


 

Leia esse artigo!

15 ​Fev, 2014

Tornando-se um discípulo     G. Campbell Morgan
 

Discípulo é um termo sempre usado nos quatro evangelhos para indicar a relação existente entre Cristo e Seus seguidores. Jesus o usou quando conversava com eles, e quando eles conversavam uns com os outros. Tampouco caiu em desuso nos dias do poder Pentecostal e estende através dos Atos dos Apóstolos.Também é interessante lembrar que foi desta forma que os anjos consideravam e falavam destes homens; o uso desta palavra nos dias da encarnação está ligado ao uso da palavra na era apostólica pela mensagem angélica dada às mulheres, “Mas ide, dizei a seus discípulos, e a Pedro” (Mc 16:7).
 

Leia esse artigo!

17 ​Fev, 2014

A Vontade de Deus: A Salvação de Todos os Homens                                                                            Andrew Murray
 

A partir do momento em que nos tornamos Cristãos , há algo que devemos levar em conta, um desejo que deve invadir nosso coração: O que Deus deseja? Qual a sua vontade? Se eu quero ser semelhante à Ele, devo estar muito interessado com esse assunto! 

 

Porém muitas vezes vemos pessoas falando sobre Deus e verdades bíblicas e, de certo modo, por perderem de vista o desejo do coração do Pai, erram o caminho na interpretação de muitos assuntos. Querido irmão, você deseja o que Deus deseja? Está interessado no que é importante para Ele? Isso motiva teu coração?
 

Leia esse artigo!

19 ​Fev, 2014

Uma carta de Watchman Nee               Watchman Nee
 

A maioria dos Cristãos de hoje talvéz desconheça o que Deus fez na China através da vida desse servo do Senhor chamado Watchman Nee . Como pelo seu trabalho o Senhor preparou a Igreja para manter-se viva com a chegada do comunismo.

 

Nesse artigo publícamos uma carta dele para auxiliar aqueles que estavam trabalhando para o Senhor em Hong Kong e Cantão! Porém, sem dúvida nenhuma, serve para nos ensinar sobre diversas atitudes nossas no serviço ao Senhor.

 

Se você deseja servir o Senhor deve ler esse artigo!

 

20 Fev, 2014

Um Deus Justo e Salvador              J. N. Darby
 

Temos uma grande dificuldade para entender como se harmoniza a Justiça de Deus e Seu Amor. Um Deus que não pode tolerar o pecado mais ao mesmo tempo ama e deseja salvar o pecador. Ele odeia o pecado e ama o pecador.

Como então harmonizar esses dois aspectos desse Deus?

 

Encontrando isso você descobre a obra mais perfeita do universo e pode dizer como Pedro: E vendo isto Simão Pedro, prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, ausenta-te de mim, que sou um homem pecador.Lucas 5:8.

 

Descubra essa maravilhosa atração que existe entre os homens que reconhecem ser pecadores e um Deus que pode salva-los!

 

Leia o artigo e saiba mais! 

21 Fev, 2014

A Centralidade e a Universalidade de Cristo                                                                            Watchman Nee
 

Por que existem todas as coisas? Por que os anjos? Deus criou todas estas coisas acidentalmente? Ou foram criadas de acordo com o plano de Deus? Por que Deus escolheu homens, enviou profetas, deu o Salvador, concedeu o Espírito Santo, edificou a igreja e estabeleceu o reino? Por que levou a pregação do evangelho aos confins da terra para que os pecadores fossem salvos? Por que devemos alcançar os pecadores e firmar os crentes?

 

Leia o artigo e saiba mais! 

21 Fev, 2014

Amigo dos Pecadores          Watchman Nee
 

Se existe uma expressão que entra em choque com nossa religiosidade e legalismo é essa "Jesus, amigo de publicanos e pecadores". Um Deus Santo e, ainda sim, dEle foi dito isso!

 

Mas é isso mesmo que Ele foi e ainda é. Ele não era complacente com o pecado, porem entendia e tinha compaixão da fraqueza do Homem. O Senhor é o Senhor da graça; Ele também é o Senhor da compaixão. A Bíblia tem dois títulos para o Senhor: o Salvador dos pecadores e Amigo dos pecadores (Mt 11:19). O titulo Salvador fala de Sua redenção dos pecadores, e o titulo Amigo fala da Sua comunicação com os pecadores.

 

 

Leia o artigo e saiba mais! 

24 Fev, 2014

Série: 5 votos para obter poder espiritual:
Primeiro: Trate seriamente com o Pecado  A. W. Tozer
 

O pecado tem sido disfarçado nestes dias, aparecendo com novos nomes e caras. Você pode estar sendo exposto a esse fenômeno na escola. O pecado é chamado por diversos nomes enfeitados - qualquer nome, menos pelo que ele realmente é. Por exemplo, os homens já não ficam mais sob convicção de pecados; eles têm um complexo de culpa. Em lugar de confessar suas culpas a Deus, para se livrarem delas, deitam-se num divã e tentam relatar o que sentem a um homem que deve conhecer melhor tudo sobre eles. Após algum tempo, a resposta dada é que eles foram profundamente desapontados quando tinham dois anos, ou alguma coisa semelhante. Supõe-se que isso os fará sentirem-se melhor.

 

Leia esse artigo!

24 Fev, 2014

Série: 5 votos para obter poder espiritual:
Segundo: Não seja dono de coisa alguma A. W. Tozer
 

Todos os bebês nascem com as mãozinhas fechadas, e isso me parece dizer: "Isto é meu!" Uma das primeiras coisas que eles dizem é "meu", com voz irada. Esse senso de "isto é meu!" é muito prejudicial para o espírito. Se puder livrar-se disso, para que não tenha mais o sentido de posse sobre qualquer coisa, você sentirá grande liberdade em sua vida.

 

Leia esse artigo!

25 Fev, 2014

Série: 5 votos para obter poder espiritual:
Terceiro: Nunca de defenda              A. W. Tozer
 

O que defendemos? Bem, defendemos nosso serviço e, particularmente, defende­mos nossa reputação. Sua reputação é o que os outros pensam que você é, e se surgir al­guma história sobre você, a grande tentação é tentar correr para acabar com ela. No en­tanto, como você bem sabe, tentar chegar até a fonte de uma história assim é uma tarefa inútil. Absolutamente inútil! E como tentar achar o passarinho depois de ter encontrado uma pena no gramado. Você não poderá fazer isso. Porém, se se voltar completamente ao Senhor, Ele o defenderá completamente e providenciará para que ninguém lhe cau­se dano.

 

Leia esse artigo!

25 Fev, 2014

Série: 5 votos para obter poder espiritual:
Quarto: Nunca passe adiante algo que prejudique alguém   A. W. Tozer
 

"O amor cobre multidão de pecados" (1 Pe 4.8). O fofoqueiro não tem lugar no favor de Deus. Se você sabe alguma coisa que possa vir a obstruir ou ferir a reputa­ção de um dos filhos de Deus, enterre-a para sempre. Busque um pequeno jardim, atrás da casa - um lugarzinho em alguma parte - e, quando alguém se aproximar de você com alguma história de maledicência, leve-a até ali e sepulte-a, dizendo: "Aqui jaz em paz a história sobre meu irmão". Deus tomará conta daquela história. "Com o critério com que julgardes, sereis julga­dos" (Mt 7.2).

 

Leia esse artigo!

26 Fev, 2014

Série: 5 votos para obter poder espiritual:
Quinto: Nunca aceite qualquer Glória A. W. Tozer
 

Deus é zeloso de Sua glória e não a dará a ninguém. Ele não irá nem mesmo compar­tilhar Sua glória com quem quer que seja. É muito natural, diria eu, que as pessoas esperem que talvez seu serviço cristão lhes dê uma oportunidade de demonstrar seus talentos. Verdadeiramente querem servir ao Senhor, mas também querem que os demais saibam que estão servindo ao Senhor. Elas querem ter reputação entre os santos. Este é um terreno muito perigoso...

 

Leia esse artigo!

26 Fev, 2014

Humildade: O Segredo da Redenção Andrew Murray
 

Nenhuma árvore pode crescer se não for na raiz da qual brotou. Ao longo de toda a sua existência, ela pode viver somente com a vida que estava na semente que lhe deu existência. A ple­na compreensão dessa verdade em sua aplicação ao primeiro e ao Último Adão nos ajudará grandemente a entender tanto a necessidade como a natureza da redenção que há em Jesus.

 

Leia esse artigo!

28 Fev, 2014

A Humildade na vida de Jesus Andrew Murray
 

No Evangelho de João, temos a vida interior de nosso Senhor exposta a nós. Jesus ali fala frequentemente de Seu relacionamento com o Pai, dos motivos pelos quais Ele é guiado, de Sua consciência do poder e espírito nos quais Ele atua. Ainda que a palavra "humilde" não apareça, não há qualquer outro lugar nas Escrituras onde vemos tão claramente em que consistia Sua humildade.

 

Leia esse artigo!

03 Mar, 2014

A Humildade no ensinamento de Jesus Andrew Murray
 

Muito se discursa nos hoje em dia sobre Deus, sobre doutrinas, sobre o que a Bíblia diz. Os Cristãos em geral tem perdido de vista que as coisas de Deus são extremamente práticas e podem ser desfrutadas por nós em experiência.

 

A humildade e o que diz respeito a ela, com certeza, entra nessa lista de assuntos esquecidos ou deturpados nos ensinos de hoje. Que você pode receber do Senhor através desse artigo uma visão bíblica da humildade e que o Senhor possa invadi-lo com um anseio por experimentá-la em sua vida.  

 

Leia esse artigo!

05 Mar, 2014

A velha e a nova Cruz A. W. Tozer
 

Foi Criado uma nova Cruz no Cristianismo, com significados diferentes da conhecida e maravilhosa Cruz de Cristo! 

Ela se pa­rece com a velha cruz, mas é diferente; as semelhanças são super­ficiais; as diferenças, fundamentais.Uma nova filosofia brotou desta nova cruz com respeito à vida cristã, e dessa nova filosofia surgiu uma nova técnica evangélica.

A velha cruz não fazia aliança com o mundo. Para a carne or­gulhosa de Adão ela significava o fim da jornada, executando a sen­tença imposta pela lei do Sinai. A nova cruz não se opõe à raça hu­mana; pelo contrário, é sua amiga íntima e, se compreendemos bem. considera-a uma fonte de divertimento e gozo inocente.

 

Leia esse artigo!

09 Mar, 2014

A superioridade das Escrituras  Gerson Lima
 

É comum nos determos em alguns assuntos das Escrituras enquanto evitamos outros, assim como é comum nos dedicarmos mais a alguns livros da Bíblia do que a outros. Há assuntos aos quais nos sentimos mais atraídos, de acordo com as circunstâncias e o nível de espiritualidade em que nos encontramos. É comum, sim, em parte, enquanto estamos no estágio de infância espiritual na jornada à maturidade. À medida que crescemos na fé, cada vez mais somos disciplinados pelo Espírito Santo a deixar nossas preferências para valorizarmos Seu supremo propósito.

 

Leia esse artigo!

11 Mar, 2014

Sacerdócio e Vida  T. Autin Sparks
 

O que é um sacerdote? Ele não é um oficial ou um membro de uma casta religiosa, mas um homem que resiste à morte e ministra vida. O objetivo único e mais abrangente de todos os tempos – o grande propósito de Deus de eternidade a eternidade – pode ser descrito na linguagem do Novo Testamento como vida eterna. Assim que o pecado entrou no mundo surgiu a morte e, então, os homens precisaram de um altar e do derramar de sangue a fim de que o pecado pudesse ser coberto pela justiça e a morte ser vencida pela vida divina.

 

Leia esse artigo!

13 Mar, 2014

A Suprema ambição de um Apóstolo T. Autin Sparks
 

“Para que eu possa conhecê-Lo, e o poder da Sua ressurreição, e a comunicação dos Seus sofrimentos, conformando-me a Ele na Sua morte”. Filipenses 3.10

 

Uma pequena, porém profunda, exposição desses preciosos versos:

 

1) O sentimento que predomina: “Para que eu possa conhecê-lo”. 2) O poder efetivo: “O poder da Sua ressurreição” 3) A base essencial: “A comunicação de Seus sofrimentos” 4) O princípio progressivo: “Conformado à Sua morte”

 

Leia esse artigo!

14 Mar, 2014

Esmurrando o Corpo Watchman Nee
Leitura : I Coríntios 9:23-27

"Mas esmurro o meu corpo, e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado"

 

Mesmo uma pessoa como Paulo temia que pu­desse ser expulsa da corrida, e perder o prêmio; portanto ele tomou a precaução de subjugar seu corpo através de constantes esmurros. E, o que podemos dizer do nosso Senhor, que se privou da mais alta glória e se pôs nas profundezas da ver­gonha e do sofrimento? Por amor d'Ele, não orde­naremos que este corpo nos sirva, para que assim, O sirvamos sem embaraços? Não lhe ordenaremos que seja forte na força de Sua vida ressurreta? Ele não tem dito; "Se habita em vós o Espírito da­quele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que, ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também os vossos corpos mor­tais, por meio do seu Espírito que em vós habita"?

 

Leia esse artigo!

15 Mar, 2014

Biografia Bakth Singh: O Apóstolo da Índia  
 

Algumas de suas Palavras sobre a Igreja Ocidental:

 

Com a sua habitual franqueza, Bakht Singh estava acostumado a dizer aos ocidentais: "Vocês sentem compaixão por nós na Índia devido a nossa pobreza material. Nós os que conhecemos o Senhor na Índia sentimos aflição por vocês na América por causa de sua pobreza espiritual, e oramos para que Deus lhes dê o ouro refinado no fogo que Ele prometeu a aqueles que conhecem o poder da Sua ressurreição...

 

"Em nossas igrejas nós passamos quatro, cinco ou seis horas em oração e louvor, e freqüentemente nossa gente serve ao Senhor em oração toda a noite; mas na América depois de vocês estarem uma hora na igreja, começam a olhar os seus relógios. Oramos para que Deus possa abrir os seus olhos para o verdadeiro significado da adoração. Para atrair às pessoas para as reuniões, vocês têm uma grande dependência dos pôsteres, da publicidade, da promoção e dos recursos humanos; na Índia não temos nada mais do que o próprio Senhor e provamos que Ele é suficiente. Antes de uma reunião cristã na Índia nós nunca anunciamos quem irá pregar.

 

Leia esse artigo!

21 Mar, 2014

Vendo Cristo por Revelação T. Autin Sparks
 

O Senhor Jesus é o resumo de todos os pensamentos divinos, e a encarnação é a expressão suprema deste único pensamento de Deus, para ser verdadeiramente, adequadamente, completamente, perfeitamente representado; tanto que foi possível ao Senhor Jesus Cristo dizer, “Quem tem visto a mim tem visto o Pai” (Jô.14.9). Aí está o mistério de Cristo.

 

Leia esse artigo!

24 Mar, 2014

O Espírito de Cristo: O Teste Príncipal G. Campbell Morgan
 

“Vós não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é Dele” - Rm 8.9 (Revista e Atualizada).

 

Olhando com cuidado o versículo acima na sua inteireza, logo descobrimos uma mudança importante e sugestiva nas suas expressões: “O Espírito de Deus” e “o Espírito de Cristo”. Cada uma dessas frases se refere Àquele que chamamos de Parácleto (Espírito Santo). Esse fato torna a mudança na forma de expressão ainda mais impressionante. A segunda frase tem sido tratada como se referisse apenas ao temperamento e tendência de Cristo, de tal forma que alguém poderia ler assim: “Se alguém não tem a tendência de Cristo, ele não é nenhum dos Seus”. Ao mesmo tempo em que acredito que essa interpretação não é final, eu creio também que esse é o motivo da mudança de expressão. Embora a referência seja sem dúvida ao Espírito Santo na segunda parte do versículo, como é na primeira, o escritor na segunda parte nos coloca de frente com o fato de que o Espírito de Habitação de Deus produz a mente de Cristo. Falando do Espírito como a força dinâmica da vida, ele usa a frase “o Espírito de Deus”. Quando trata com o resultado manifesto no caráter, ele usa a frase “o Espírito de Cristo”. A primeira nos fala do segredo invisível e secreto, o Espírito de Habitação de Deus. A outra nos fala do resultado visível e manifestado, o Espírito de Cristo.

 

Leia esse artigo!

01 Abr, 2014

Santidade Stephen Kaung
 

 Precisamos ser separados até mesmo do mundo religioso. Precisamos ser separados de nós mesmos, da velha carne. Precisamos ser dedicados a Deus. A separação ou a santidade tem dois lados: um se refere a ser separado de algo e o outro se refere a ser separado para algo. Estamos sendo separados de tudo que não é de Deus, assim como estamos sendo separados para tudo o que é dEle. Isso é santidade. É necessário que todos que adoram a Deus tomem sobre si o caráter de santidade. A única razão pela qual temos que ser santos é porque Deus é santo.

 

Leia esse artigo!

03 Abr, 2014

Uma carta sobre: Louvar a Homens J. N. Darby
 

"O orgulho é o maior de todos os males que nos afligem, e de todos os nossos inimigos, não apenas é o mais difícil de morrer, como também o que tem a morte mais lenta; mesmo os filhos deste mundo são capazes de discernir isto. Madame De Stael disse, em seu leito de morte, Sabe qual é a última coisa que morre em uma pessoa? É o seu amor-próprio." Deus abomina o orgulho mais do que qualquer coisa, pois o orgulho dá ao homem o lugar que pertence a Deus que está acima de tudo. O orgulho interrompe a comunhão com Deus, e atrai Sua repreensão pois "Deus resiste aos soberbos" (I Pd. 5:5). Ele irá destruir o nome do soberbo, pois nos é dito que "a altivez do homem será humilhada, e a altivez dos varões se abaterá, e só o Senhor será exaltado naquele dia" (Is. 2:17). Como você mesmo irá sentir, meu caro amigo, estou certo de que não há maior mal que uma pessoa possa fazer a outra do que louvá-la e alimentar seu orgulho.

 

Leia esse artigo!

04 Abr, 2014

Fé: uma crença ilógica no que não se pode provar?
John Stott
 

A segurança cristã é a “plena certeza da fé”. E se a certeza de corre da  fé, a fé decorre do conhecimento , do seguro conhecimento de Cristo e do  Evangelho. Como o expressou o bispo J.C. Ryle: “Uma grande parte de  nossas dúvidas e de nossos temores provém de sombrias percepções do que  seja a real natureza do Evangelho de Cristo... a raiz de uma religião feliz é um  claro , preciso e bem definido conhecimento de Jesus Cristo”.

 

Leia esse artigo!

18 Abr, 2014

A Lepra Numa Casa C. H. Mackintosh
 

Numa pequena exposição de Levítico capitulo 14, usando o exemplo dado pela lepra numa casa, o irmão Mackintosh nos monstra o tratamento com o pecado numa assembléia local. Interessante que, em levítico 14 a Lepra estava nas paredes da casa. É uma maravilhosa lição de como Deus trata com os pecados numa assembléia local.

 

Leia esse artigo!

15 Mai, 2014

Eis que as trevas cobrem a terra Watchman Nee 
 

Apesar das palavras deste artigo terem sido proferidas há mais de 50 anos atrás, parecem descrever com precisão a situação espiritual dos nossos dias! 

 

Leia esse artigo!

13 Jn, 2014